A Viagem Invertida

dePedro Barateiro
integrado naBienal BoCA
17 - 18 abr 2019
qua e qui, 18h e 21h
Sala Garrett
concepção, texto, vídeo e esculturas Pedro Barateiro
com Luís Guerra, Lula Pena, Margarida Magalhães, Pedro Barateiro
coreografia Luís Guerra
composição musical Raw Forest (Margarida Magalhães)
produção BoCA - Biennial of Contemporary Arts
coprodução TNDM II
 
duração 50 min
 
M/14
Obra complexa que Pedro Barateiro constrói a partir de texto, esculturas e vídeo, A Viagem Invertida é uma performance e instalação que põe o artista a trabalhar no palco da Sala Garrett tendo como paisagem a exploração das minas de lítio em Portugal, numa investigação que passa também pelo livro Queda sem fim, seguido de Descida de Maleström, de Edgar Allan Poe, escrito por José A. Bragança de Miranda. A partir da substância lítio e das suas utilizações –­ enquanto componente principal de baterias de computadores e telemóveis, mas também como estabilizador de humor, para tratar estados de depressão e bipolaridade -, o projeto desenha um mapa da condição contemporânea, iluminando a forma como diferentes narrativas se conectam e contrariando a sua apresentação habitual como fenómenos independentes.
A Viagem Invertida conta também com a interpretação da cantora e compositora Lula Pena, do bailarino Luís Guerra, e tem composição musical e interpretação de Raw Forest (Margarida Magalhães).