Auto da barca de viagem

criaçãoSakuramakai
10 jun 2011
6.ª 21h30
Sala Garrett
criação Sakuramakai
intérpretes Ujin Sakurama, Tsuneyoshi Mori, Daijiro Zenchiku
músicos Hiroyuki Matsuda (flauta), Genjiro Okura (tambor pequeno), Hirotada Kamei (tambor grande), Kunikazu Komparu (tambor)
produção Sakuramakai
parceria TNDM II
M/12
Peça comemorativa do ano festivo da relação Luso-Japonesa, que apresenta na forma do Teatro Noh, a representação teatral mais tradicional da Idade Média japonesa, a essência da obra de Gil Vicente, teatrólogo da corte do período áureo de Portugal e contemporâneo da época em que se desenvolveu esta forma teatral.

No âmbito das celebrações do 150.º aniversário da assinatura do Tratado de Paz, Amizade e Comércio entre Portugal e o Japão em 2010, o TNDM II apresenta os espectáculos "Auto da Barca de Viagem” e "Sorin”. O Grupo Sakuramakai dá aqui testemunho de uma arte teatral milenar do Japão que combina a música, a dança e a poesia. Consagrado desde o século XIV como arte popular, o Teatro Noh chegou mesmo a ser considerado a cerimónia artística oficial do Estado.

Classificado pela UNESCO como Património da Humanidade, o Noh é eleito por muitos como a mais rica arte em simbolismos do mundo. Trata-se de uma arte abstracta, tradicionalmente executada apenas por homens, que tem no vestuário a visualização do espírito e da essência das personagens representadas.

Introdução ao espectáculo com apresentação de excertos do Auto da Barca do Inferno de Gil Vicente, por João Grosso, Manuel Coelho e Paula Mora.
©Direitos Reservados
©Direitos Reservados