Clube dos Poetas Vivos

comManuel Resende
coordenaçãoTeresa Coutinho
4 dez 2018
ter, 19h
Átrio - Entrada Livre
com a presença do autor Manuel Resende
coordenação Teresa Coutinho
com Lúcia Maria e Paulo Campos dos Reis
parceria Casa Fernando Pessoa
Para continuarmos a ler e a ouvir poesia, para continuarmos a conversar livremente, para continuarmos a encontrar-nos, o Clube dos Poetas Vivos regressa nesta nova temporada, ao ritmo de uma sessão por mês. Ao final do dia, numa terça-feira, as portas do teatro voltam a estar abertas a quem quiser ouvir as histórias e as palavras dos poetas.

Manuel Resende (1948) é um poeta e tradutor português. É um herdeiro excêntrico do surrealismo, de que conserva a revolta essencial e a palavra de ordem «poesia, liberdade e amor», mas não a constante litigância e o próprio espírito de grupo que caracterizou o movimento original.

Aceitando criticamente a tradição cultural, mas sabendo pertinentemente que ela foi usada para justificar inúmeros crimes, está do lado duma parte da vanguarda – aquela que recusou a ordem estabelecida e a fúria da velocidade e da guerra – mas sabe que somos contradição, unidade de contrários. Somos contra os outros, mas produto dos outros. O ser humano é uma construção: foi sucessiva e concomitantemente, senhor e escravo, cidadão livre e súbdito dos impérios, bárbaro e grego e por aí fora.