Conversations out of place

texto e conceçãoIvana Müller
4 - 5 mai 2019
 sab, 19h > dom, 19h
Sala Garrett
texto, conceção e coreografia Ivana Müller
em colaboração com os performers Anne Lenglet, Hélène Iratchet, Julien Lacroix e Vincent Weber
figurinos e assistência de encenação Alisa Hecke
desenho de luz Martin Kaffarnik
ambiente sonoro Cornelia Friederike Müller
colaboração artística Jonas Rutgeerts

produção executiva Gerco de Vroeg, Matthieu Bajolet e Suzanne Veiga Gomes
produção I'M COMPANY
coprodução Schauspiel Leipzig - Residenz, Ménagerie de verre, La Villette - Résidences d’artistes, Kunstencentrum BUDA, Le Phare - Centre chorégraphique national du Havre Normandiem, SZENE Salzburg

apoios ao espetáculo Adami, apap – performing Europe 2020 - co-funded by the Creative Europe program of the European Union, Fonds Transfabrik – French-German Fund for performing arts / Institut Français, réseau Labaye - Danse en Normandie, Spedidam, Direction régionale des affaires culturelles d'Île-de-France - Ministère de la Culture et de la Communication 

Espetáculo estreado a 27 de outubro de 2017.

M/12

Com a sua mais recente criação (2017), Ivana Müller, em colaboração com Hélène Iratchet, Julien Lacroix, Anne Lenglet e Vincent Weber, propõe uma reflexão sobre o mundo em que vivemos, tendo a nossa relação com a natureza como ponto de partida.
Inspirada pelo género literário do século XVIII, "conto filosófico”, Conversations Out of Place é uma alegoria que tem lugar num universo incomum e ligeiramente absurdo, no qual um grupo de seres humanos vagueia junto, no mesmo caminho, durante dias, semanas, meses, anos, mantendo constante o seu sentido de direção, mas lentamente perdendo a ideia do seu destino final.
Interpretado por quatro humanos e uma planta, que ganham poder com o olhar do espectador, Conversations Out of Place funciona como um ecossistema efervescente que produz interações, simbioses, lixo, poluição, criando biodiversidade num estado permanente de transformação.