Entrada Livre 2016

início daTemporada 2016 - 2017
9 - 11 set 2016
Vários locais

Entrada Livre é uma festa do pensamento que dura três dias e celebra o nosso reencontro com o público. Na abertura da temporada 2016/2017, convidamos todos a habitar esta casa que vos pertence. E como em qualquer teatro, propomos que o impossível apenas pareça impossível.

Uma iniciativa integrada no programa Lisboa na Rua, dinamizado pela EGEAC.
Consulte, no final da página, as condições de acesso.

M/3
 



ESPETÁCULOS

O pato selvagem *
de Henrik Ibsen
encenação Tiago Guedes
9, 10 set, 21h - Sala Garrett

Esta é a minha cidade e eu quero viver nela *
criação Teatro do Vestido
direção Joana Craveiro
9, 10 set, 21h30 – Ruas de Lisboa

Nova criação (Ciclo Recém-nascidos) *
de Ágata Pinho
10 set, 21h30
11 set, 16h30
Sala Estúdio

A visita escocesa **
de Inês Barahona e Miguel Fragata
10 e 11 set, 11h – Vários espaços do Teatro

Na rua
texto José Luís Peixoto
direção Miguel Moreira / Útero
9, 10 set, 16h e 18h
11 set, 14h e 16h
Fachada do Teatro/Rossio

Na rua vamos "apanhar” as pessoas que se deslocam na cidade. Num objeto oval, que é um "pequeno teatro” com duas entradas, uma para a cabeça de um performer e outra para um espectador, será desenvolvida uma relação íntima. As cores garridas farão prever uma situação divertida, criando um contraste entre essa expectativa e a história de José Luís Peixoto. Uma história curta com um grande poder dramático e de reflexão sobre o espaço público.

com Diana Coelho, Miguel Moreira, Sandra Rosado, Tiago Viera cenografia Jorge Moreira, Jorge Rosado objeto construído Leonel e Bicho
produção Útero



CONCERTOS NA VARANDA

"Magenta” concerto de Filipe Melo Trio
9 set, 23h – Varanda do Largo de São Domingos

O pianista Filipe Melo apresenta um repertório original onde a composição e a improvisação livre ocupam lugar idêntico. Desta vez apresenta-se em trio e irá animar a primeira noite do Entrada Livre, a partir da varanda do Largo de São Domingos. Neste concerto, vamos poder ouvir uma série de composições criadas especialmente para a abertura da temporada do D. Maria II.

Cais Sodré Funk Connection
10 set, 23h – Varanda do Largo de São Domingos

Os Cais Sodré Funk Connection são já uma referência da cena lisboeta. Nascidos no coração do bairro boémio que lhes dá o nome, dedicam-se a recriar o som e o ambiente dos clássicos da Motown, Stax, Chess Records e outras editoras míticas das décadas de 60 e 70, para além de se lançarem na criação de originais com a dedicação e energia de uma verdadeira celebração.



LEITURAS ENCENADAS

Sofá Rodrigues
de Tiago Rodrigues
leitura de crónicas de Nelson Rodrigues
9 set, 19h - 21h
10 set, 14h - 21h
11 set, 14h - 18h
Átrio

Nelson Rodrigues foi um dos mais reconhecidos jornalistas e dramaturgos brasileiros do século XX. Controverso, provocador, perspicaz, o autor partilha, no mínimo, um dos nomes com o diretor artístico do D. Maria II. No Entrada Livre, Tiago prepara um sofá com o apelido de ambos, onde serão lidas algumas da mais interessantes crónicas de Nelson.

com José Neves, Manuel Coelho, Maria Amélia Matta, Paula Mora, Bruno Bernardo, Carolina Dominguez, Catarina Claro, Cirila Bossuet, Lara Matos, Tomás Varela
produção TNDM II

Procedimento básico de recordação e esquecimento *
de Alex Cassal
10 e 11 set, 15h – Percurso por vários espaços do Teatro

Falar sobre memória como um processo altamente impreciso é o ponto de partida de Alex Cassal. Uma série de narrativas incompletas e contraditórias cobrindo os últimos 50 anos ou 60 anos (ou talvez um pouco mais), serão oferecidas aos espectadores em diferentes locais do Teatro, nesta leitura encenada. O espetáculo estará em cena de 2 a 27 de março de 2017 e a edição do texto poderá ser adquirida na livraria do teatro a partir da data da estreia.

com Alfredo Martins, Claudia Gaiolas, Márcia Lança, Marco Paiva, Paula Diogo
pesquisa Joana Frazão
produção TNDM II

As criadas *
de Jean Genet
coordenação Marco Martins
10 set, 17h - Jardim do Palácio de Independência

Leitura encenada do texto de Jean Genet, cuja encenação de Marco Martins estará em cena na Sala Garrett, de 10 de novembro a 18 de dezembro.

com Beatriz Batarda, Luísa Cruz, Sara Carinhas



FEIRA DO LIVRO DE TEATRO - 2ª EDIÇÃO
9 e 10 set, 14h – 22h
11 set, 14h – 17h
Fachada do Teatro / Rossio
A Livraria do Teatro organiza, pela segunda vez, a Feira do Livro de Teatro, que se realiza no passeio da fachada principal, no Rossio, criando mais uma oportunidade para defender e celebrar o esforço de editores, autores e leitores para que textos de teatro continuem a ser publicados em Portugal.
editoras convidadas Relógio d’Água, Livros Cotovia / Artistas Unidos, Publicações Europa-América, TNDM II (BdM e INCM)



EXPOSIÇÃO
Teatro em cartaz: A coleção do D. Maria II, 1853-2015
curadoria Lizá Ramalho e Artur Rebelo
9, 10, 11 set, 14h - 19h - Vários espaços do Teatro

Visitas guiadas à exposição *
9 set, 15h e 18h



UTOPIAS HOJE – CICLO DE DEBATES *
curadoria Margarida Gouveia Fernandes
moderação Carlos Vaz Marques
apoio O Espaço do Tempo
10 e 11 set, 15h e 16h30 - Sala Garrett

Em épocas de crise, o ser humano questiona os valores existentes e tem mais consciência das suas potencialidades para moldar a realidade. Vivemos um tempo de mutação e rotura na História da Humanidade, que exige a reinvenção dos parâmetros que nos norteiam. Por isso, lançamos o ciclo de debates Utopias hoje, onde se pretende discutir as possibilidades e limites do pensamento utópico nos nossos dias.

10 set
15h Utopias urbanas
com Paulo Martins Barata, Rui Horta
16h30 Nova era da Ciência
com Alexandre Quintanilha, Ana Paiva, José Pizarro de Sande e Lemos

11 set
15h A paz como utopia, a guerra como horizonte?
com José Manuel Félix Ribeiro, Nuno Lemos Pires
16h30 A União Europeia - uma utopia?
com Guilherme d’Oliveira Martins, José Pacheco Pereira 



LANÇAMENTO DE LIVROS

Tanto amor desperdiçado
de William Shakespeare
tradução Nuno Júdice
edição TNDM II/BdM (col. Textos de Teatro)
9 set, 17h - Átrio

Neste texto de Shakespeare o que é posto em cena é a linguagem. A história de um rei de Navarra e dos seus três companheiros, que recebem a visita da princesa de França, pretendente à mão do rei, e das suas três damas de honor, assenta num juramento em que os homens se comprometem a rejeitar os prazeres do mundo, incluindo a corte das mulheres, para se dedicarem inteiramente à filosofia.

9 set, 18h - Átrio
A vida como ela é
contos de Nelson Rodrigues
seleção e prefácio de Abel Barros Baptista
O homem fatal
crónicas de Nelson Rodrigues
seleção e prefácio de Pedro Mexia

Cronista, romancista, contista e dramaturgo, Nelson Rodrigues é um mito do séc. XX literário. Em A Vida Como Ela É, Abel Barros Baptista seleciona 60 dos seus melhores contos, narrativas fulgurantes nascidas da observação do quotidiano, e Pedro Mexia encarregou-se de escolher 90 crónicas para compor o volume O Homem Fatal. Com o lançamento destes dois livros, a editora Tinta da China inicia a publicação da obra deste polémico e genial autor brasileiro.

edições Tinta da China



FESTA DE ENCERRAMENTO COM DJ NUNO LOPES
11 set, 19h - Átrio



* Levantamento de bilhetes na bilheteira do D. Maria II, a partir das 13h, para as sessões do próprio dia. Limite de 2 bilhetes por pessoa, para uma atividade à escolha, sujeito à lotação disponível. Não se aceitam reservas de lugares.

** Levantamento de bilhetes na bilheteira do D. Maria II, a partir das 10h, para as sessões do próprio dia. Limite de 2 bilhetes por pessoa, para uma atividade à escolha, sujeito à lotação disponível. Não se aceitam reservas de lugares.