Falas Estranhês?

encenaçãoCatarina Requeijo
conceçãoInês Fonseca Santos e Maria João Cruz
11 mai - 1 jun 2019
sáb, 16h
Salão Nobre
encenação Catarina Requeijo
conceção e seleção de textos Inês Fonseca Santos, Maria João Cruz
com Gonçalo Egito, Sandra Pereira,Victor Yovani
produção TNDM II 

M/3

Três pessoas encontram-se. Não são do mesmo lugar, nem têm a mesma língua. Podia não ser fácil comunicar, mas há muitas maneiras de nos fazermos entender e de tornarmos o estranho familiar. Há sons, gestos e sentimentos universais capazes de desfazer todos os equívocos e de nos fazer rir com o que soa diferente. O importante é que haja alguém disposto a aprender Estranhês. E se esse alguém gostar de amendoins, então, estão reunidas as condições mais-que-perfeitas para a prática deste falar universal. 

Surgiu em 2015 e desde aí só tem vindo a crescer. Boca Aberta são espetáculos pensados para a infância, que se apresentam tanto em jardins de infância da envolvente do Teatro, como no Salão Nobre do D. Maria II, para escolas e famílias, como ainda em espaços como o Hospital Dona Estefânia. Nestes espetáculos, são trabalhados textos que integram o Plano Nacional de Leitura, assim como clássicos da literatura e obras de autores portugueses e estrangeiros em vários géneros: do romance ao conto, do teatro à poesia.

Relacionado

Também poderá gostar