Lançamento de Biografias de Francisco Palha e António Pinheiro

deLevi Martins e Eugénia Vasques
23 fev 2019
17h
Átrio | Entrada livre
Francisco Palha
de Levi Martins
coordenação científica Maria João Brilhante e Ana Isabel Vasconcelos (CET-FLUL)
apresentação Cucha Carvalheiro e Levi Martins
edição TNDM II/TNSJ e IN-CM



António Pinheiro
de Eugénia Vasques
coordenação científica Maria João Brilhante e Ana Isabel Vasconcelos (CET-FLUL)
apresentação Eugénia Vasques e Fernanda Lapa
edição TNDM II/TNSJ e IN-CM

 
Francisco Palha
Vol. 7 da Coleção "Biografias do Teatro Português"
de Levi Martins

O sétimo volume desta coleção é dedicado a Francisco Palha (1827-1890), o principal promotor da construção do Teatro da Trindade, de Lisboa, e o seu primeiro empresário. Apesar da reconhecida importância deste seu empreendimento, que em 2017 celebrou 150 anos de existência, houve todo um percurso anterior, até agora esquecido, e que explica o sucesso então alcançado com aquela nova sala de teatro.

A forma intimista como o autor nos aproxima da vida do biografado e o tom pessoal da sua escrita fazem desta leitura uma agradável descoberta de um homem de teatro, cujo discreto lugar na nossa memória coletiva não corresponde, de todo, à real importância das suas ações.



António Pinheiro
Vol. 8 da Coleção "Biografias do Teatro Português"
de
Eugénia Vasques

António Pinheiro (1867-1943), considerado um dos atores portugueses mais inteligentes e instruídos da sua geração, é a personalidade recordada por Eugénia Vasques neste escrito biográfico. Apoiada em provas documentais, algumas das quais inéditas, a autora guia-nos pelo longo e riquíssimo percurso artístico de Pinheiro, recorda aspetos marcantes da sua vida pessoal, sublinha o seu empenho na luta associativa em defesa dos profissionais de teatro, tudo isto inserido num contexto social e profissional que nos permite avaliar a relação de Pinheiro com os seus pares bem como o seu posicionamento relativamente às tendências estéticas da época. 

Competências múltiplas, espírito versátil e trabalho afincado fizeram com que a sua presença no teatro fosse além da representação, tendo desempenhado as funções de diretor de cena, ensaiador, marcador de peças e «metteur-en-place». Ainda ligado à atividade teatral, foi professor do Conservatório, onde deu a sua última aula aos 70 anos. 

1/2