Topografia

criação coletivaTeatro da Cidade
integrado noCiclo Recém-nascidos
16 - 17 set 2017
sáb, 19h30 > dom, 17h
Sala Estúdio
criação coletiva Teatro da Cidade
com Bernardo Souto, Guilherme Gomes, João Reixa, Nídia Roque, Rita Cabaço 
desenho de luz Rui Seabra, Teatro da Cidade
fotografias Leonor Buescu 
produção Teatro da Cidade
M/12

Numa cave, um ideal.
___

Há num prédio, um governo. Numa fábrica, uma prisão. Numa cave, um ideal. Com recurso a uma série de quadros originais, o Teatro da Cidade, uma das mais recentes companhias de Lisboa, que fez a sua estreia com uma encenação de Os Justos, de Albert Camus, no Teatro do Bairro Alto, propõe-se a refletir sobre as fronteiras do conceito de Comunidade.

Em Topografia, exploram o modo como individualmente nos integramos nela, o movimento que nos faz invisíveis numa multidão, e o prazer que isso nos pode fazer sentir. Um espetáculo onde observamos como o indivíduo com uma identidade diferente se mostra fundamental na formação de uma consciência coletiva.

[Ciclo Recém-nascidos]
O D. Maria II volta a abrir a temporada com a aposta em novos projetos das mais jovens companhias e criadores em Portugal. Este ano, contamos também com um projeto internacional, pelos italianos Teatro Sotteraneo.