Doreen

deDavid Geselson (França)
13 - 17 fev 2019
qua e sáb, 19h > qui e sex, 21h > dom, 16h
Sala Garrett
de David Geselson
com David Geselson e Laure Mathis
cenografia Lisa Navarro
figurinos Magali Murbach 
desenho de luz Jérémie Papin
desenho de som Loïc Le Roux
vídeo Jérémie Scheidler
colaboração artística Elios Nöel, Jean-Pierro Baro e Laure Mathis

produção, gestão de digressão, comunicação e relações públicas Carole Willemot e Noura Sairour (AlterMachine)
produção Compagnie Lieux-Dits
coprodução Théâtre de la Bastille (Paris), Théâtre de Lorient - centre dramatique national, Théâtre de Vanves, Théâtre Garonne - scène européenne (Toulouse)

apoios ao espetáculo Centre national des écritures du spectacle, CNT, DRAC Île de France, Fonds de dotation Porosus, Institut Français du Portugal, IMEC Institut Mémoires de l'édition contemporaine, La Chartreuse de Villeneuve-Lez-Avignon, Nouveau Théâtre de Montreuil - centre dramatique national, Spedidam Île de France, Théâtre Ouvert - Centre national des dramaturgies contemporaines

Espetáculo estreado no dia 3 de novembro de 2016. 
 
M/12
Letter to D. é uma confissão do filósofo e jornalista André Gorz para a sua mulher, Doreen Keir, quando esta foi diagnosticada com uma doença incurável. Publicada em 2006, conta a história de amor entre ambos e revive os 58 anos de vida que levam em comum. Um ano mais tarde André e Doreen são encontrados mortos, juntos, na cama que partilhavam.
Este espetáculo é um contraponto à confissão pública de Gorz. Transportados para a casa do casal nessa noite de 2007, uma hora antes do suicídio, ouvimos a história a partir do ponto de vista dela. Doreen é uma espécie de roubo, uma tentativa entre a realidade e a ficção, uma adaptação da vida do casal e da mulher adorada que nunca teremos oportunidade de conhecer e que vai morrer com ele.


Espetáculo falado em francês, com legendas em português
.

Conversa com os artistas após o espetáculo
16 fev