Orquestra Metropolitana de Lisboa: Mozart, Brahms - da Luz e das Trevas

maestroPedro Amaral
integrado noFestival Antena 2
7 fev 2019
qui, 21h
Sala Garrett


maestro Pedro Amaral

com Orquestra Metropolitana de Lisboa
oboé Sally Dean
coprodução Antena 2 e OML

A classificar pela CCE 

Alguns chamam à Sinfonia nº 2 de Brahms a sua "Sinfonia Pastoral”, numa conotação evidente com as sugestões bucólicas da sexta de Beethoven. Outros identificam nela uma intensidade expressiva mais afim ao êxtase romântico. Composta em 1877, é para todos uma obra musical extraordinária. Curiosamente, a história do Concerto para Oboé KV 314 de Mozart começou precisamente 100 anos antes, em Salzburgo. Nos anos seguintes ainda se ouviu em Mannheim e em Esterháza, mas só em 1920 é que a sua versão original foi recuperada. Neste concerto, é tocada pela oboísta australiana Sally Dean, chefe de naipe da Orquestra Metropolitana de Lisboa.