Bolsa Amélia Rey Colaço

Em homenagem ao papel pioneiro da atriz e encenadora Amélia Rey Colaço na História do Teatro Português, no ano em que se celebra o 120.º aniversário do seu nascimento, o Teatro Nacional D. Maria II, o Centro Cultural Vila Flor e O Espaço do Tempo associam-se para atribuir a Bolsa Amélia Rey Colaço.

Esta é uma bolsa de criação destinada a apoiar a produção de espetáculos de jovens artistas e companhias emergentes, com o intuito de promover a renovação da criação teatral portuguesa.

período de candidaturas 5 a 30 de março


O prazo para a entrega de candidaturas à Bolsa Amélia Rey Colaço foi alargado:

entrega de candidaturas até 9 de abril
divulgação de resultados 9 maio

regulamento
formulário de candidatura