A Grande Serpente

de João Pedro Vaz / Teatro Oficina
13 - 14 dez 2019 - Centro Cultural Vila Flor, Guimarães (PT)
20 - 23 fev 2020 - Teatro Carlos Alberto, Porto (PT)
criação e interpretação João Pedro Vaz 
cocriação e vídeo Pedro Bastos Bastos (com a colaboração da Bando à Parte)
cenografia e assistência de encenação Sara Vieira Marques
luz e som A Oficina
coprodução TNDM II, Teatro Oficina, TNSJ 
com a colaboração da Bando à Parte

A classificar pela CCE

Projeto financiado pelo Município de Guimarães e cofinanciado pela República Portuguesa - Cultura / DGArtes
Em 1994, a ODIT - Oficina de Dramaturgia e Interpretação Teatral, criada por Moncho Rodriguez e mãe do Teatro Oficina, estreava o primeiro espetáculo em Guimarães, com dezenas de participantes locais: A Grande Serpente, a partir do texto do brasileiro Racine Santos.

25 anos depois, o Teatro Oficina vai entrevistar todos os participantes que conseguir encontrar, tentar e falhar uma reconstituição desse espetáculo, lidando com as memórias de teatro de todo um território.