Abre a carta, lobo mau!

conceção e seleção de textosInês Fonseca Santos, Maria João Cruz
encenaçãoCatarina Requeijo
30 nov - 14 dez 2019 | 11 jan 2020
sáb, 16h
sessão extra 15 dez > dom, 11h
Salão Nobre Ageas
conceção e seleção de textos Inês Fonseca Santos, Maria João Cruz 
encenação Catarina Requeijo
com Gonçalo Egito e Sandra Pereira
produção TNDM II
parceria Câmara Municipal de Lisboa, Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Central

M/3
A Menina do Casaco Vermelho continua a visitar o Lobo Mau todas as quintas-feiras. Leva-lhe bolinhos de manteiga e amoras, os preferidos do Lobo, e muitos medos para ele resolver. E há tantos, tantos medos. Entre esses tantos medos, a Menina do Casaco Vermelho entrega ao Lobo Mau o único medo que ela tem: o medo do relógio de cuco. Como sempre, todas as quintas-feiras, entrega-lhe também as cartas que estão no correio. E, por muito que a Menina insista, há uma que o Lobo não quer abrir. Porque será? Será que tem medo de a ler? 
O poder elástico da palavra continua a ser apresentado aos mais novos no projeto Boca Aberta, com propostas que levam longe a imaginação e o pensamento e aguçam o engenho de perguntar. 
 
_
 
Boca Aberta são espetáculos pensados para a infância, que se apresentam tanto em jardins de infância da envolvente do Teatro, como no Salão Nobre do D. Maria II, para escolas e famílias, e ainda em espaços como o Hospital Dona Estefânia. Nestes espetáculos, são trabalhados textos que integram o Plano Nacional de Leitura, assim como clássicos da literatura e obras de autores portugueses e estrangeiros em vários géneros: do romance ao conto, do teatro à poesia.


Sessão com interpretação em Língua Gestual Portuguesa 
14 dez

Todas as sessões do Boca Aberta são sessões descontraídas.