Canto da Europa

deJacinto Lucas Pires
10 - 26 jan 2020
qua e sáb, 19h30 > qui e sex, 21h30 > dom, 16h30
Sala Estúdio
texto e encenação Jacinto Lucas Pires
com Anabela Faustino, André Simões, Carolina Passos-Sousa, Diana Lara, Isaías Viveiro, Ivo Alexandre, Joana Pialgata, José Neves, Lúcia Maria, Paula Diogo, Paula Mora, Pedro Moldão 
cenografia e figurinos Sara Amado
desenho de luz Nuno Meira
produção executiva Margarida de Lopes Grilo, Tiago da Câmara Pereira
coprodução TNDM II, Ninguém, Cine-Teatro Louletano, Teatro Aveirense
apoio à produção Convento São Francisco de Coimbra

A classificar pela CCE 
 

O que nos irá acontecer neste canto da Europa?

O Coro lança uma palavra à cabeça dos espectadores, e começa uma História feita de histórias. Cidadãos-deuses que se metamorfoseiam uns nos outros lembrando Ovídio mas também o futuro. Uma canção contando vinte e quatro horas na vida de uma cidade que é um continente. A Europa é um facto, uma história, uma ideia — poderá ser também a nossa revolução?
Deirdre é uma rapariga irlandesa que decide ser atriz ao ver passar na rua Michel Piccoli. O que lhe irá acontecer neste Canto da Europa? E a Robert, cuja filha fugiu para a Síria? E a Paola, que anda a aprender a ser avó? E à santa Ingrid, e à amiga Alice, e ao preso Manos, e à apaixonada Cátia, e ao Gabriel feliz?
Jacinto Lucas Pires escreve e dirige Canto da Europa à procura de um coro europeu, diverso e em busca de uma união.

Texto do espetáculo disponível para compra na Livraria do Teatro a partir de 10 de janeiro. 

Conversa com artistas após o espetáculo, seguida de lançamento de livro
19 jan

Sessão com interpretação em Língua Gestual Portuguesa
26 jan
 

Relacionado