Espelhos e Monstros

dePaula Diogo
8 - 18 dez 2022
qua - sáb, 19h30 > dom, 16h30
Sala Estúdio
criação e interpretação Paula Diogo
cocriação Renato Linhares
desenho de luz Daniel Worm 
desenho de som Suse Ribeiro 
espaço cénico Sara Vieira Marques
acompanhamento dramatúrgico Mariana Ricardo
apoio à coreografia Vânia Doutel Vaz
direção de produção Daniela Ribeiro
produção Má-Criação
coprodução Teatro Nacional D. Maria II, apap - Feminist Futures
residências de coprodução O Espaço do Tempo e 23 Milhas

A classificar pela CCE

Projeto financiado pela República Portuguesa - Cultura / DGArtes

A Má-Criação tem o apoio da Câmara Municipal de Lisboa e é uma estrutura associada do Espaço Alkantara.

Paula Diogo é uma artista apoiada pela APAP-FEMINIST FUTURES, projeto cofinanciado pelo Programa Europa Criativa da União Europeia.

Uma caminhada de apagamento e transmutação.


O ponto de partida para o trabalho é um vídeo filmado em 2019. Neste, uma mulher vestida de mulher-maravilha caminha ininterruptamente pelas paisagens inóspitas da Islândia. Não sabemos exatamente quem é, nem o que faz, mas nessa caminhada assistimos ao desfazer de uma figura que conhecemos da ficção, uma figura com superpoderes que, neste cenário, não têm qualquer significado.
 
Nessa caminhada de apagamento, outras figuras surgem e a transmutação assume-se como o motor da ação.
 
Paula Diogo é uma artista apoiada pela apap – Feminist Futures, uma rede criada por 11 instituições de 11 países, que partilham a ideia de que a arte pode iniciar mudanças sociais poderosas.
 
Conversa com artistas após o espetáculo
11 dez > dom, 16h30
 
Sessão com Audiodescrição
18 dez > dom, 16h30 
Fechar Política de Cookies

O Teatro Nacional D. Maria II usa cookies para melhorar a sua experiência digital. Ao continuar a navegação está a autorizar o seu uso.
Consulte a nossa Política de Privacidade para saber mais sobre cookies e o processamento dos seus dados pessoais.

Aceitar