Jaguar

deMarlene Monteiro Freitas (Cabo Verde/Portugal)
19 mar - 2 abr 2021
Sala Online
coreografia Marlene Monteiro Freitas com a colaboração de Andreas Merk 
interpretação Marlene Monteiro Freitas, Andreas Merk 
luz e espaço Yannick Fouassier 
objetos cénicos João Francisco Figueira, Luís Miguel Figueira  
som Tiago Cerqueira 
pesquisa João Francisco Figueira, Marlene Monteiro Freitas
produção P.OR.K 
difusão Key Performance
coprodução Zodiak - Center for New Dance, CDC Toulouse/Midi-Pyrénées, Alkantara, HAU Hebbel am Ufer, MDT no âmbito da rede [DNA] Departures and Arrival, cofundada pelo programa Europa Criativa da União Europeia, Teatro Municipal do Porto Rivoli, Arsenic, Maria Matos Teatro Municipal, O Espaço do Tempo, Les Spectacles Vivants - Centre Pompidou, Espaces Pluriels, Tandem Douai-Arras/Scène nationale, A-CDC - Art Danse - CDC Dijon Bourgogne, La Briqueterie - CDC du Val-de-Marne, Le Cuvier - CDC d'Aquitaine, L’échangeur - CDC Hauts-de-France, Le Gymnase - CDC Roubaix - Nord Pas de Calais, Le Pacifique - CDC Grenoble, CDC Atelier de Paris-Carolyn Carlson, Pôle Sud - CDC Strasbourg en prefiguration, CDC Toulouse/Midi-Pyrénées, CDC Uzès danse
apoio à residência STUK, Tanzhaus Zurich
apoio Trafó, ACCCA – Companhia Clara Andermatt

duração 1h45
Jaguar é agora exibido online, no âmbito da iniciativa D. Maria II em Casa.

A partir da Sala Online do D. Maria II, assista ao espetáculo, registado em alta resolução e em multicâmara. O acesso tem o valor de 3€. 

Ao adquirir o seu bilhete, receberá por e-mail um link e respetivo bilhete eletrónico para acesso ao espetáculo, que estará disponível para visualização entre os dias 19 de março a 2 de abril. Após inserir a password, dispõe de 24h para o visionamento do espetáculo, que deverá ser feito sempre a partir do mesmo dispositivo.
 
Aceda aqui à Sala Online do D. Maria II e introduza os 12 dígitos que se encontram imediatamente abaixo do código de barras do seu bilhete. Bom espetáculo!

__________


"Jaguar é o nome dado a alguns cavalos, uma peça de dança e um teatro de marionetas. Em Jaguar somos marionetas e enquanto tal, manuseados e acionados. Confiar-nos-emos a outrem e às suas mãos: Mandinga d' Soncent, Wolfli, Blaue Reiter, entre outros, que apesar de radicalmente diferentes, não serão mais do que uma extensão de nós próprios. Jaguar é um excerto, uma cena de caça, ou ainda, uma cena de caça assombrada." - Marlene Monteiro Freitas
Fechar Política de Cookies

O Teatro Nacional D. Maria II usa cookies para melhorar a sua experiência digital. Ao continuar a navegação está a autorizar o seu uso.
Consulte a nossa Política de Privacidade para saber mais sobre cookies e o processamento dos seus dados pessoais.

Aceitar