Rhythmas

8 out 2013
19h
Salão Nobre | Entrada Livre

Em 1595, cerca de quinze anos após a morte do poeta, publica-se a primeira edição da sua poesia lírica, as Rhythmas de Luís de Camões, divididas em cinco partes, impressas na oficina de Manuel de Lira, em Lisboa. O livro, um marco na história da poesia portuguesa quinhentista, transformou-se num cânone da história literária. A obra lírica de Camões revela a cultura humanística e clássica do poeta.

de Luís de Camões
seleção e coordenação da leitura Miguel Loureiro
com Inês Nogueira, Miguel Loureiro, Sara Graça e Vítor d'Andrade
vídeo e som Helena Nogueira-Silva (Hibou Gris)

Fechar Política de Cookies

O Teatro Nacional D. Maria II usa cookies para melhorar a sua experiência digital. Ao continuar a navegação está a autorizar o seu uso.
Consulte a nossa Política de Privacidade para saber mais sobre cookies e o processamento dos seus dados pessoais.

Aceitar