Um Hamlet a Mais

16 abr - 16 mai 2004
3.ª a Sáb. 21h30
Dom. 16h
Sala Garrett
texto William Shakespeare
traduzido por António M. Feijó
montado por AMF e RP
encenação Ricardo Pais
cenografia e figurinos António Lagarto
música original (executada ao vivo) Vítor Rua
vídeo Fabio Iaquone e Paulo Américo
desenho de luz Nuno Meira
desenho de som Francisco Leal
desenho de lutas Miguel Andrade Gomes
preparação vocal João Henriques
assistência de direcção Nuno M. Cardoso

elenco João Reis (Hamlet), António Durães (Fantasma e Cláudio), Luísa Cruz (Gertrud e Ofélia), Nicolau Pais (Laertes, 1º Actor e Prólogo), Pedro Almendra (Horácio, Seguidor e Actor Rainha), Hugo Torres (Polónio, Fortinbras, Mensageiro, Actor Rei e Capitão)
produção TNSJ

Depois de uma fulgurante mini-temporada em Julho de 2003 no Rivoli Teatro Municipal, um Hamlet a mais dá-se agora a "ouver” no palco do TNDM II. Regresso à errância inquietante do texto de William Shakespeare, aqui exposto a um diálogo íntimo e explosivo com a música de Vítor Rua e às fantasmizações vídeo de Fabio Iaquone e Paulo Américo, numa alucinação poética potenciada pelo dispositivo cénico de António Lagarto. Regresso ainda à matriz mais libertina de Ricardo Pais – livre circulação de palavras e vozes e a sua violentada manipulação tecnológica a despoletar imaginários paralelos. Um Hamlet sensorial a destilar melancolia e misoginia. E nos intervalos de um improvável concerto roxy, ouve-se a máquina da guerra. "Silêncio!” Os actores cantam, Shakespeare vigia. "Ergam Hamlet como soldado nesse palco”. Desembainhem as espadas e liguem os microfones. Este espectáculo vai (re)começar.