Laboratório de escrita para Teatro – 3ª edição

dirigido porRui Pina Coelho
28 out 2017 - 30 jun 2018

Vários locais
dirigido por Rui Pina Coelho

candidaturas abertas até 
8 set
comunicação de seleção 13 out
data limite de pagamento 20 out
preço 150€
número máximo de participantes 6
O Laboratório de Escrita para Teatro regressa esta temporada. Seis novos autores começam a trabalhar em outubro com Rui Pina Coelho, tendo como moldura temática O quotidiano do homem comum e outras coisas sem importância.

A 27 de fevereiro de 1949, na sequência da estreia de Morte de um caixeiro-viajante, Arthur Miller publica, no jornal New York Times, o ensaio "A tragédia e o homem comum”. Nesse texto, Miller reclamava a dignidade do homem comum e da sua vida anónima e banal, colocando-o no centro da vertigem trágica. Com efeito, e nesse sentido, a segunda metade do século XX trará para um lugar central da dramaturgia uma nova tipologia de herói: o desalinhado, o marginal, o rebelde sem causa, o zé-ninguém, pulverizando definitivamente a noção de herói trágico. Este ímpeto trará o quotidiano, o insignificante e o ordinário para o palco, afastando-nos dos dias fatais das histórias trágicas, e depositando-nos definitivamente nos dias fractais de um infra-dramático que testemunha e narra a epopeia da vida humana.