Conferência-workshop Flores, bandeiras e o resto

no âmbito daFeminist School
coordenaçãoVânia Rodrigues
26 jan 2022
qua, 15h
Salão Nobre Ageas | Entrada Livre*
coordenação Vânia Rodrigues
duração 2h

* Mediante reserva para o email bilheteira@tndm.pt, até 48h antes da sessão. Sujeito à lotação disponível. 
No âmbito das novas medidas para acesso a eventos determinadas pelas autoridades de saúde, em vigor a partir de 10 de janeiro de 2022, informamos que o acesso a espetáculos requer a apresentação de certificado covid. Saiba qual, neste link.


As estatísticas não contam a história (toda). Os números que documentam as persistentes desigualdades de género (e não só) na cultura são os mesmos que confirmam a existência de cada vez mais mulheres, e mais qualificadas, a trabalhar nas artes. Há quem fale mesmo na feminização de algumas profissões culturais. Perante estudos e relatórios (sempre mais engravatados que a realidade) há quem seja otimista, celebrando conquistas e assinalando os ventos de mudança; e há quem seja pessimista, isto é, quem tenha mais pressa. A que velocidade se produz justiça? O que revelam e o que escondem os números acerca do trabalho de criação, produção e mediação?

Partindo destas perguntas, na conferência-workshop Flores, bandeiras e o resto, investiga-se o que pode constituir uma prática feminista nas estruturas de trabalho das artes performativas. Um espaço de encontro para refletir e improvisar uma gestão cultural feminista, que talvez culmine na organização de uma roda de conversa, ou num curso intensivo de des-hierarquização, ou numa oficina de manifestos.

Conferência-workshop em inglês.
Fechar Política de Cookies

O Teatro Nacional D. Maria II usa cookies para melhorar a sua experiência digital. Ao continuar a navegação está a autorizar o seu uso.
Consulte a nossa Política de Privacidade para saber mais sobre cookies e o processamento dos seus dados pessoais.

Aceitar