Hello my name is

direçãoPaulo Castro
integrado naBienal BoCA
11 - 13 abr 2019
qui e sex, 21h > sáb, 19h 
Salão Nobre
encenação Paulo Castro 
texto a partir de Coros para Depois dos Assassinatos, de Edward Bond
com Paulo Castro
luz Carlos Ramos 
coprodução Colectivo 84 (Portugal), Stone/Castro (Austrália), BoCA (Portugal) e OzAsia Festival Australia
fotografia Duane Preston
apoio técnico Carlos Ramos e Eduardo Maltez 
apoio à circulação Fundação GDA 
 
duração 50 min
 
M/14
 
Espetáculo estreado no OZAsia Festival Australia 2018. 

Por motivos alheios ao Teatro Nacional D. Maria II e à BoCA Bienal, as sessões dos dias 11 e 12 de abril foram canceladas. Se adquiriu bilhete para um destes dias, por favor contacte a nossa bilheteira, através do número 800 213 250 (chamada gratuita). O espetáculo terá lugar nos dias 13 de abril (19h) e 14 de abril (16h), com interpretação de Paulo Castro (em português).

Num tempo de novos radicalismos, Paulo Castro regressa com o teatro político que tem marcado o seu percurso. Em Coros para depois dos assassinatos (1998), Edward Bond imagina um mundo de violência por vir, 50 anos mais tarde, resultado de uma escalada do domínio militar. Os sintomas dessa sociedade militarizada, opressiva e devastadora das liberdades humanas podem agora ser revisitados em Hello my name is, interpretado pelo ator Rashidi Edward. Espetáculo para um homem só que se coloca em múltiplos papéis – ele é a pessoa que faz luto por alguém que foi assassinado, para logo a seguir ser o militar que mata, implicando todos no destino da humanidade. Hello my name is traz de novo aos palcos nacionais o criador que, em 2006, fez de Adelaide (Austrália) a sede de trabalho da Companhia Stone/Castro que fundou com a bailarina Jo Stone.
Fechar Política de Cookies

O Teatro Nacional D. Maria II usa cookies para melhorar a sua experiência digital. Ao continuar a navegação está a autorizar o seu uso.
Consulte a nossa Política de Privacidade para saber mais sobre cookies e o processamento dos seus dados pessoais.

Aceitar