O Silêncio e o Medo

deDavid Geselson (França)
6 - 8 jan 2022
qui - sáb, 19h
Sala Garrett
texto e encenação David Geselson
com Dee Beasnael, Jared McNeill, Kim Sullivan, Marina Keltchewsky, Samuel Achache
cenografia Lisa Navarro
luz Jérémie Papin
projeção vídeo Jérémie Scheidler
desenho de som Loïc Le Roux
figurinos Benjamin Moreau
tradução Nicholas Elliott, Jennifer Gay
direção de cena (criação) Sylvain Tardy
construção do cenário Atelier do ThéâtredelaCité – CDN Toulouse Occitanie
assistente de encenação Shady Nafar
assistente de iluminação Marine Le Vey
assistente de cenografia Margaux Nessi
assistente de projeção de vídeo Marina Masquelier
codireção Dee Beasnael, Craig Blake, Loïc Le Roux, Laure Mathis, Benjamin Moreau
Shady Nafar, Lisa Navarro, Elios Noël, Jérémie Papin, Jérémie Scheidler, Kim Sullivan, Sylvain Tardy
produção executiva Noura Sairour
assessoria de imprensa e comunicação AlterMachine I Carole Willemot
assessoria de imprensa Irène Gordon-Brassart
produção Compagnie Lieux-Dits
coprodução Teatro Nacional D. Maria II , Théâtre de Lorient, centre dramatique national, Le Canal – Théâtre du Pays de Redon, Théâtre National de Bretagne, ThéâtredelaCité – CDN Toulouse Occitanie, Théâtre d’Arles, scène conventionnée d’intérêt national – art et création, Théâtre de la Bastille, Espaces Pluriels, Scène conventionnée danse, L’empreinte scène nationale Brive/Tulle, Théâtre Le Rayon Vert, Scène conventionnée d’intérêt national – art en territoire de Saint-Valéry-en-Caux, Le Gallia Théâtre, scène conventionnée d’intérêt national – art et création de Saintes, La Comédie – Centre Dramatique National de Reims, Théâtre des Quatre saisons, Gradignan, Théâtre de Choisy-le-Roi – Scène conventionnée d’Intérêt national – Art et création pour la diversité linguistique em cooperação com PANTHEA, La Rose des Vents, Scène nationale Lille Métropole Villeneuve d’Ascq, CDN Besançon Franche-Comté, Théâtre de Saint – Quentin-en-Yvelines Scène nationale
apoio TNDM II Institut français à Paris, Institut français du Portugal, Embaixada de França
apoio Ministère de la Culture, Région Île-de-France, Institut français/ Théâtre Export, Théâtre Ouvert – Centre national des Dramaturgies Contemporaines, La Chartreuse de Villeneuve Lez Avignon – centre national des écritures du spectacle, Spedidam, serviços culturais da Embaixada de França nos Estados Unidos da América, FACE Foundation Contemporary Theater, Harlem Stage, Théâtre de l’Aquarium

M/14

Espetáculo estreado a 14 de janeiro de 2020 no Théâtre de Lorient.

As cicatrizes da História na vida de uma pessoa: Nina Simone.


A vida de Nina Simone consistiu numa travessia de 70 anos repleta de drama, que termina numa quase total solidão, em França, em 2003. Tetraneta de um nativo americano casado com uma escrava negra africana, Nina Simone é a herdeira de uma parte da história dos Estados Unidos da América e carrega consigo quatro séculos de história colonial. Em O Silêncio e o Medo, David Geselson regressa ao D. Maria II com uma equipa composta por artistas afro-americanas/os e francesas/os, que dará vida a uma ficção inspirada na História, com letra maiúscula, que Nina Simone habita. Serão trazidas visões daqueles que a acompanharam durante a vida, bem como os seus fantasmas.

Como diferentes facetas de uma pedra que nunca pode ser abraçada num único olhar, pode dar-se que este espetáculo transcenda os medos e silêncios da História e ofereça um espaço partilhado para nos reconhecermos individual e coletivamente. Contar a história da vida privada de Nina Simone é uma tentativa de observar parte das cicatrizes e lutas da História, através da vida de uma só pessoa.
 
Espetáculo falado em francês e inglês, com legendas em português.
Fechar Política de Cookies

O Teatro Nacional D. Maria II usa cookies para melhorar a sua experiência digital. Ao continuar a navegação está a autorizar o seu uso.
Consulte a nossa Política de Privacidade para saber mais sobre cookies e o processamento dos seus dados pessoais.

Aceitar