Formação Técnica: Sonoplastia e implementação de som em teatro

dirigida porSérgio Henriques
12 dez 2019
qui, 10h – 13h e 14h30 – 17h30
Sala Estúdio e Sala Garrett
dirigido por Sérgio Henriques

dirigido a técnicos/desenhadores de som ou interessados na área
número máximo de participantes 15 
preço 20€ (cooperadores da Fundação GDA: desconto de 75%)

inscrições enceradas
pagamento até 9 dez

Ação integrada no Programa de Formação TNDM II / Fundação GDA

Seleção por ordem de inscrição, mediante pagamento. Aos participantes sugere-se que tragam computador portátil, interface de áudio e auscultadores.

Esta formação pretende elucidar acerca dos princípios, métodos, técnicas e recursos utilizados na criação de som e na sua implementação em espetáculos de teatro. 
De uma forma sucinta e prática, procura, por um lado, realçar as múltiplas implicações semânticas, emocionais e sensoriais que distintas opções sonoras podem desencadear no espectador. Por outro, visa evidenciar uma correspondência entre as qualidades de receção do ouvinte, as condições acústicas de transmissão e as características da emissão sonora no palco. Serão ainda abordadas as especificidades e as variantes de diferentes processos de sonorização, exemplificadas com base em produções reais.

Tendo por objetivo sonorizar uma curta cena, os participantes serão convidados a gravar, modelar e misturar sons distintos, manipulando equipamento e software de áudio, numa primeira fase a partir do texto e, numa segunda, visionando uma cena filmada. 

Dirigida por Sérgio Henriques, coordenador do setor de som do D. Maria II, nesta formação refletir-se-á ainda sobre o papel desempenhado pelo som na atuação teatral, a compreensão das funções técnicas e artísticas envolvidas e o modo como se articulam no seio da equipa. A parcela experimental da formação serve o exercício saudável da escuta crítica e a aquisição de competências básicas de edição e mistura de áudio, aplicadas em contexto cénico.