A Instituição

A Instituição

O Teatro Nacional abriu as suas portas a 13 de abril de 1846, durante as comemorações do 27.º aniversário da rainha Maria II (1819-1853), passando por isso a exibir o seu nome na designação oficial. Na inauguração, foi apresentado o drama histórico em cinco atos O Magriço e os Doze de Inglaterra, original de Jacinto Aguiar de Loureiro. Mas a história do Teatro Nacional D. Maria II começa dez anos antes da sua inauguração. continuar a ler

Missão

O TNDM II é uma Entidade Pública Empresarial dotada de autonomia administrativa, financeira e patrimonial, que está sujeita aos poderes de superintendência e tutela dos membros do Governo responsáveis pelas áreas das finanças e da cultura, a exercer conjunta e individualmente, nos termos e para os efeitos previstos nos seus Estatutos e no regime jurídico do sector empresarial do Estado. No âmbito da sua missão de serviço público e da planificação da atividade plurianual, tem como principais objetivos:

  • assegurar a prestação de um serviço público no domínio da atividade teatral, produzindo e apresentando espetáculos segundo padrões de excelência artística e técnica;
  • divulgar a sua atividade junto de vários tipos de público;
  • promover a criação e produção de dramaturgias em língua portuguesa e de obras de referência do reportório universal;
  • contribuir para o aperfeiçoamento do sistema de educação artística e de formação profissional na área teatral;
  • acolher espetáculos nacionais e estrangeiros que permitam o desenvolvimento de novas estéticas teatrais.
Fechar Política de Cookies

O Teatro Nacional D. Maria II usa cookies para melhorar a sua experiência digital. Ao continuar a navegação está a autorizar o seu uso.
Consulte a nossa Política de Privacidade para saber mais sobre cookies e o processamento dos seus dados pessoais.

Aceitar