Audição

Procuram-se atrizes e atores, entre os 20 e os 29 anos, para integrar o elenco de um espectáculo escrito e encenado por Pedro Gil, com residência artística no Espaço do Tempo de 6 a 19 de Janeiro de 2020 e estreia prevista no Teatro Nacional D. Maria II.

formulário de inscrição, aqui 

data limite de inscrições
até ao dia 2 de dezembro


Pedro Gil faz teatro desde 1999. Interpreta, escreve, encena e produz em nome próprio ou em colaboração com outros criadores e companhias. 
Destacam-se os espectáculos Homem-Legenda (2005), Mona Lisa Show (2008), Às Vezes as Luzes Apagam-se, cocriação Cláudia Varejão (2009); Enquanto Vivermos (2012); Sala Vip, texto Jorge Silva Melo (2013); Fausta, texto Patrícia Portela, cocriação Tonan Quito (2014); Casa Vaga ,texto Rui Pina Coelho, cocriação Gonçalo Amorim, Raquel Castro e Rui Pina Coelho (2015); Terreno Selvagem, texto Miguel Castro Caldas, cocriação Miguel Castro Caldas e Raquel Castro (2016); Como Ela Morre, texto Tiago Rodrigues, cocriação Isabel Abreu, Frank Vercruyssen, Jolente de Keersmaeker da companhia Belga Tg Stan e Tiago Rodrigues (2017); e Don Juan Esfaqueado na Avenida da Liberdade (2018). 
Enquanto ator colaborou com algumas das mais relevantes companhias e criadores nacionais, tais como, Artistas Unidos, O Bando, Francisco Salgado, Gonçalo Waddington, Jean-Paul Buchieri, Letizia Quintavalla (Teatro Delle Briciole, Parma/Itália), mala voadora, Marta Carreiras, Mickael Oliveira, Miguel Loureiro, Mónica Calle, Nuno Cardoso, Rita Calçada Bastos, Romeu Costa, Rui Horta,  Teatro Meridional ou Tonan Quito.
É associado da companhia Barba Azul que codirige com Raquel Castro e direcção de produção de Vitor Alves Brotas. 
É artista associado d´O Espaço do Tempo.