O Que Excede Toda a Cena

12 abr 2004

Salão Nobre
com Paulo Eduardo Carvalho e Ricardo Pais

Uma conversa, que não se gostaria a menos, entre um espectador, Paulo Eduardo Carvalho, e o criador cénico, Ricardo Pais, de Um Hamlet a Mais.

A "conversa” que se segue merece alguns esclarecimentos prévios. Primeiro, ela surge na sequência de muitas outras considerações, sob forma dialogada, que, em torno de Hamlet, Ricardo Pais foi fixando, com a colaboração de mais próximos interlocutores, nos programas que acompanharam a sua primeira encenação daquele texto de Shakespeare, em 2002, e este Um Hamlet a Mais, estreado em Julho de 2003. Conversas para as quais remeto o leitor interessado em ampliar a construção da sua própria memória. Segundo, a "conversa” aqui reproduzida realizou-se com base numa saudável distância reflexiva, tendo sido possível ao inquiridor organizar previamente, e por escrito, as suas dúvidas e interrogações, enquanto o inquirido – que generosamente se submeteu à sequência de questões proposta pelo primeiro – se viu forçado a responder durante o período de intensa actividade em que se ocupava da remontagem do espectáculo em causa. Terceiro, e talvez mais pessoal, esclarecimento: presenteado com esta oportunidade rara de interrogar o criador, entreguei-me a um jogo simultaneamente egoísta, assim prolongando um demorado e desejavelmente aprofundado envolvimento com o trabalho cénico de Ricardo Pais, e equivocadamente "pedagógico”, esforçando-me por esboçar algumas articulações com o objectivo de permitir ao espectador diligente a abertura de novas (?) perspectivas sobre a sua própria experiência perceptiva. Penso poder falar pelos dois intervenientes ao dizer que esta conversa a mais se inscreve num comum programa ético apostado na ampliação das perturbações e ressonâncias várias proporcionadas pela aventura da experiência cénica.

PAULO EDUARDO CARVALHO

Fechar Política de Cookies

O Teatro Nacional D. Maria II usa cookies para melhorar a sua experiência digital. Ao continuar a navegação está a autorizar o seu uso.
Consulte a nossa Política de Privacidade para saber mais sobre cookies e o processamento dos seus dados pessoais.

Aceitar