Paraíso - A Divina Comédia

textoMiguel Jesus a partir de Dante Alighieri
encenaçãoJoão Brites / Teatro O Bando
10 - 20 fev 2022
qua - sex, 21h > sáb, 19h > dom, 16h

Sessão extra: 20 fev > dom, 21h
Sala Garrett
criação Teatro O Bando
texto Miguel Jesus
a partir de Dante Alighieri
dramaturgia e encenação João Brites
com Pedro Gil e Sara Belo
músicos Ana Raquel, João Ferreira, João Gomes, João Pedro Silva ou Vasco Avença, Maria Felicidade, Mário Cabica, Miguel Oliveira, Patrícia Silva e Rodrigo Cardoso
participação criativa dos atores Fabian Bravo, Maria Taborda, Nisa Eliziário, Rita Brito, Suzana Branco
música e direção musical Jorge Salgueiro
cenografia Rui Francisco
figurinos e adereços Clara Bento
assistência de encenação João Neca
investigação histórica e apoio à teatralidade Susana Mateus
assistência de figurinos e adereços Catarina Fernandes
execução de figurinos Teresa Louro
desenho de som Miguel Lima
desenho de luz Sérgio Moreira
desenho gráfico Maria Taborda
montagem Fátima Santos e Vítor Santos
apoio à montagem Dora Sales, Fabian Bravo, Rita Brito, Nisa Eliziário e Puspa Khanal
assessoria técnica e de segurança Lima Ramos
execução cenográfica JSVC Decor
apoio à iluminação Rita Louzeiro, António Graça e Fernando Camolas
apoio aos figurinos e aos adereços Amália Marrafa, Joana Martins, Maria Dinis, Maria Taborda, Nisa Eliziário, Paula Flamino e Sara Batista
apoio à execução videográfica Pedro Ribeiro
apoio à alimentação Lucia Rus, Inês Gregório, Nisa Eliziário e Paula Flamino
fotografia de cena e cartaz Rita Santana e Miguel Mares
transporte de cenário Nuno Filipe Lagos Pacheco
produção executiva Inês Gregório
assistência de produção Nisa Eliziário
produção Teatro O Bando
coprodução Teatro Nacional D. Maria II
apoio Câmara Municipal de Lisboa

M/6

duração 1h40

O Teatro O Bando é uma estrutura financiada pela República Portuguesa — Cultura / DGArtes, apoiada pela Câmara Municipal de Palmela e parceira dos projetos europeus Play On e Connect Up.

Por motivo de doença de um elemento do espetáculo Paraíso - A Divina Comédia, que testou positivo à Covid-19, as sessões de 13 a 16 de fevereiro serão canceladas. No domingo, dia 20 de fevereiro, haverá uma sessão extra, às 21h.

Caso tenha adquirido bilhetes para algumas destas sessões, por favor contacte-nos gratuitamente para o número 800 213 250 ou para o e-mail bilheteira@tndm.pt.


Quem procura o Paraíso não sabe que era amor o que Dante procurava.


Quem procura o Paraíso não sabe que era amor o que Dante procurava. Amor? O amor pelo poder, que justifica a existência de Deus, reconhece o prazer megalómano da mente. O amor egocêntrico, que desagua no ódio ao outro, aumenta o prazer narcísico. O amor pelos outros, que tem a missão altruísta de apenas dar. O amor pelo movimento, que intensifica sensações e sentimentos viajantes. O amor carnal, que fertiliza o prazer de continuar vivo. O amor pelo conhecimento, que sustenta a curiosidade e o prazer de ver. O amor pela Arte, que enaltece o que é particular. Este é um Teatro que ama a representação. Nesta encenação de João Brites, Pedro Gil é um Dante solitário em diálogo interior com uma muito singular paixão e a plasticidade vocal de Sara Belo continua a dar corpo à inatingível Beatriz. Com eles estará uma surrealista banda de sopros que mistura o corpo das/os instrumentistas com os instrumentos como se fosse a obra inacabada de um ceramista louco. Este é um Teatro que ama o que é visual. Começou com a escadaria em espiral do Inferno, passou pelas afuniladas pontes do Purgatório e chega agora à suspensão flutuante do Paraíso. Que este espetáculo contribua para a investigação que se faz e continuará a fazer em torno do Paraíso que Dante Alighieri imaginou.

Sessão com Audiodescrição
20 fev > dom, 16h

Paraíso - Folha de Sala

Behind the scenes
Fechar Política de Cookies

O Teatro Nacional D. Maria II usa cookies para melhorar a sua experiência digital. Ao continuar a navegação está a autorizar o seu uso.
Consulte a nossa Política de Privacidade para saber mais sobre cookies e o processamento dos seus dados pessoais.

Aceitar